Buscar

Fazer o fácil deve ser fácil(design de intarface)

nome

Ivo Nascimento

Colunista ainda sem descrição. Caro colunista, por favor envie-nos sua descrição.

     Olá pessoal, esse é meu primeiro artigo aqui no Delphi br e nele vou tratar sobre uma coisa que muitas vezes deixamos de lado, ou melhor, não prestamos tanta atenção. O front-end ideal. A aparêcia do nosso trabalho.

     Este artigo de agora(aviso já), não tem uma linha de código sequer, mas eles me abre as portas para os que virão.

     Imagine você que eu já utilizei softwares muito bons mas que, se eu não trabalhasse na área, juro por tudo quanto é mais sagrado...não saia da primeira tela.

     Não falo de uma IDE para desenvolvimento, falo de um software para o usuário final.

     Esse assunto de interface é delicado, e merece muita atenção Já parou pra pensar.

     Uma interface tem que fazer com que o usuário se sinta eu seu mundo, ou seja, fazer com que ele tenha certeza absoluta do que esta fazendo. Do resultado de suas operações.

     De nada adianta desenvolver os algorítimos mais rápidos, com tratamento de erro excepcional, se a interface não estiver de acordo com a linha de pensamento do cliente, ou melhor, se ela não levar o CLIENTE a resolver seus problemas da melhor forma possível.

     Este problema tem merecido uma atenção mais que especial na esfera da web, a frase título deste artigo foi dita por um desses especialista, que eu considero O especialista nessa área.

     Falando em Delphi, a coisa fica mais complicada.

     A não ser que você utilize componentes especiais para trabalhar o layout de seu softawe, provavelmente ele têm as mesmas grids, os mesmos botões quadradões disponíveis no delphi nativo. Estou certo?

     "Ah, mas o importante é fazer funcionar e ser útil." Ledo engano pensar assim.

     Os usuários estão cada vez mais exigentes com relação a interface, afinal, toda forma de interação feita com qualquer tipo de coisa é feita através de uma interface e então, por que não destacar essa amiga do bom programador.

     A web trouxe a qualidade(a boa e má) de interface para o dia-a-dia dos usuários e cabe a nos criarmos tamém neste âmbito.

     A visualização dos dados é tão importante quanto eles estarem lá, disponíveis para quem quiser vê-los.

     Você não luta pra sua empresa ter uma identidade "magavilhosamente" agradável e difundida para assim poder ter maiores chances de realizar contratos e se satisfazer financeiramente.

     Pois então... Estamos em uma era em que as interfaces fazem a diferença e isso é regra daqui pra frente. A interface faz a diferença.

     Crie uma interface diferenciada e seja feliz. Não estou dizendo para encher de desenhos, estou dizendo para você programar a sua interface de forma coerente e acima da expectativa.

     Quando me envolvo em um projeto a primeira coisa em que penso é na estrutura de dados, depois vem o algorítimo de trabalho do usuário(o cara que paga teu salário) e depois vem interface.

     A programação em si é uma tradução da realidade do cliente para um algotimo que ele nunca vai querer saber como funciona(tem suas exceções) e isso não a desmerece, mas a deixa visualmente no segundo plano.

     Uma interface bem elaborada para um aplicativo empresarial(falo daquelas aplicações com mais de trinta forms e zilhões de conexões a banco de dados) tem que ter personalidade, padrão, coerência.

     Vamos então cria-la.

     O Java tem o look and feel, a web em si tem seus gifs, swf´s e o Delphi têm... n´so programdores e os designer de intarfaceJ.

     Utilize um bom esquema de fontes, uma fonte sem serifa para os labels, hints, comentários. Uma fonte com serifa para as informações extraídas do banco.

     Abuse dos efeitos de contraste, eles serão a alma dos valores dados as informações.

     Nunca, nunca mesmo, uso o itálico, ele dificulta a leitura e fica bonito para notas de rodapés somente, Aquele charmoso obs no canto direito infeiror.

     Elabore um grupo de botões para interações "básicas" de banco de dados(os famosos incluir,excluir, alterar, gravar, cancelar, imprimir) e não os posicione automaticamente ao pé do formulário.

     Dê a eles personalidade com botões transparentes como TspeedButton, que, quando não estão sob o efeito do onmouseover, estaram no mesmo nível do formulário, sem bordas, parecendo labels comuns e quando estão sob o efeito deste tomam o aspecto real de um botão.

     Parece mentira, mas este efeito elimina a necessidade de se fazer botões gigantes para se fazer nota-los. Faz com que o usuário saiba que "aquilo ali faz aquilo lá".Isso te libera para usar a interface de forma mais arrojada.

     Faça uso da TstatusBar e ao invés de ficar toda hora escrevendo shomessages escreva statusbar.pnel[i].caption := ‘Viva a diferença’.

     Esclareça(mas esclareça mesmo) para que surgiu esse ou aquele form na tela através de seus captions(seja conciso, mas não preguiçoso, Cadastro de estoque pode ser dito como Cadastro de item de estoque para a unidade X cada vez que se mudar a unidade)

     Pegue esse seu layout básico para formulários e grave num tamplate. Isso é muito importante, sempre use esse template para poder manter o padrão.

     Procure na internet por sites de ícones(o pessoal esta cheio de ver o ícone padrão do Delphi).

     Crie uma identidade para seu software, afinal, project1.exe não é o nome ideal para este maravilhoso software que você esta desenvolvendo e tampouco "Gerenciador da oficina do Zé" o valoriza. Imagine algo grande, caçe identidades. Seja grande ou você acha que Longhorm,Tux,KDE,GNOME,XP servem só pra identificar na prateleira, Eles ajudam a vender uma idéia, um conceito.

     O software que eu mais gosto dos últimos que fiz chama-se atento e serve para o pessoal da empresa ficar ligado em tudo, desde acesso a softwares, atualizações dos mesmos até acesso a intranet e aviso de últimas notícias

     Os usuários vêem e falam:

"Ivo, o Atento..."

     Entendeu o recado?

     Enfim, toda vez que você produzir algo, por menor que seja, dê-lhe uma identidade, por que essa identidade é a sua identidade e vai fazer com que aquele software seja ligado a você, sua empresa, seu status e vai te tirar do meio da multidão.

     No próximo artigo começo a mostrar como aplico estas idéias de layout no decorrer do desenvolvimento, onde e como usar cada tipo de componente e como programa-los para responder mais coerentemente aos dados que contém sem encher de código replicante uma aplicação e sem fazer com que uma pesquisa que gasta 2segundos para ser realizada gaste mais 2 para preencher uma grid.

     Um grande abraço e espero que tenham gostado desse artigo, que, mesmo que superficial, abre as portas para um mundo de coisas novas.

Publicidade

Vote no artigo




Quantidade de votos: 2 votos
Aceitação: 20%


Detalhes do artigo

Categoria: Outros
Adicionado dia: 13/07/04
Por: Ivo Nascimento
Visualizado: 24445 vezes

Planeta Delphi - Tudo sobre programação Delphi Planeta Delphi - www.planetadelphi.com.br - Todos os direitos reservados | Copyright 2001-2009